23 maio 2007

Carta Aberta do Ministro Silas Rondeau

Brasília, 22 de maio de 2007

”Comunico que, na tarde de hoje, entreguei ao Excelentíssimo Senhor Presidente da República o cargo do Ministro de Estado de Minas e Energia que, honrosa e dedicadamente, exerci por sua confiança.

Cada segundo que dediquei com afinco ao exercício de minhas funções foi pautado por valores éticos, morais e cristãos. Nunca, em momento algum, jamais pratiquei qualquer ato que não fosse orientado pelos princípios essenciais que sempre nortearam a minha vida, com absoluta honestidade e compostura.

Reafirmo minha completa e absoluta inocência em relação às denúncias levantadas contra a minha pessoa, na certeza de que tudo será esclarecido, provando a injustiça e a crueldade das mentiras e insinuações divulgadas a meu respeito que atingiram minha honra.

Minha vida de técnico, trabalhador, de vida modesta, respeitado no setor elétrico que escolhi por profissão e ao qual me dediquei inteiramente, tem sido marcada pela lisura e pela honradez.

Tudo fiz para servir ao governo do Presidente Lula e agradeço a Deus a oportunidade de tê-lo conhecido de perto e com ele trabalhado pela grandeza do Brasil . É com gratidão que a ele me dirijo, lamentando profundamente a ocorrência desses fatos.

Deixo o governo para impedir que o setor energético, fundamental para o desenvolvimento do país , seja prejudicado, e que a imagem do governo seja de algum modo afetada.

Creio em Deus e confio na Justiça.”

SILAS RONDEAU CAVALCANTE SILVA Ministro de Estado de Minas e Energia