30 agosto 2008

Metroviários: Nota sobre possível favorecimento de construtora na ampliação da Linha 2 – Verde do Metrô

“Ciente da possibilidade de favorecimento da construtora Camargo Corrêa na licitação para a construção de metrô no trecho de Alto do Ipiranga até Vila Prudente, Linha 2 – Verde, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo vem a público cobrar da Cia. do Metropolitano de São Paulo esclarecimentos sobre este suposto escândalo que envolve dinheiro público e a qualidade do mais eficiente sistema de transporte da cidade. E mais, se houver irregularidade no processo, que sejam feitas as devidas correções, em respeito à população paulistana e para evitar mais prejuízos ao seu sistema de transporte.

Para este sindicato, uma ocorrência como esta é de extrema gravidade, principalmente quando se trata de uma empresa que faz parte do Consórcio Via Amarela, e que está diretamente envolvida com o desastre que causou a morte de sete pessoas em janeiro de 2007.

Como agravante, o Metrô de São Paulo tem como antecedente a suspeita de envolvimento em esquemas de pagamento de propina, superfaturamento e de privilegiar a Alstom na compra de trens, sem licitação.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo tem uma história de mobilizações em busca da garantia da prestação de um serviço de transporte seguro e eficaz, bem como que os trabalhadores exerçam suas funções em condições dignas, e continuará exercendo este papel.

É inadmissível que haja a simples suspeita de que o dinheiro destinado à melhorias para a população possa ser empregado no favorecimento de empresas privadas.’

Sindicato dos Metroviários de São Paulo

Nenhum comentário: