29 janeiro 2011

Caso Battisti: Carta aberta à Exma. Sra. Dilma Rousseff D.D. Presidenta da República federativa do Brasil.

“Prezada Senhora, com o respeito habitual que informá-la que após a divulgação pela mídia de que o Exmo. Presidente Napolitano lhe enviou uma carta na qual pede, EXIGE, minha extradição, permito-me escrever a minha vez a Vossa Excelência e ao querido povo Brasileiro. Tenho o intento que Vosa Excelência e a população do Brasil conheçam uma carta que foi escrita por cidadãos comuns. Diferente da outra que Vossa Excelência recebeu e cujo assinante foi parte em causa no sangrento conflito dos anos 60-70 e que também foi entre os dirigentes máximos, à época, do Partido Comunista Italiano. Partido esse que foi aliado fiel do Governo na guerra suja e ferrenha perseguição ao "Movimento Revolucionário". A carta anexada não é de pessoas que ocupam altos cargos no Poder Público, mas sim de membros idôneos da sociedade, equidistantes das partes e assim possíveis portadores da verdade. É certo que, de todos os textos que passaram através as grades, este é o que de forma sucinta, fidedigna e verossímel relata a minha história de maneira inequívoca.

Sem mais, encerro e ensejo préstimos de sucesso e felicidade no desafio de presidir este país continental. Certo de Vossa atenção, firmo e agradeço.

Papuda, 22/01/11
Cesare Battisti".

Nenhum comentário: